OdontoDrops – usando o youtube para a educação continuada em saúde

16729344_680318702140055_5965013121732341536_nA necessidade constante de atualização profissional requer meios seguros e ágeis de acesso à informação científica. A intensa renovação do conhecimento científico torna necessária a atualização profissional como forma de garantir a qualidade da atenção à saúde. Umas das estratégias utilizadas como ferramenta para resolução de dúvidas clínicas e para a atualização de conhecimentos em saúde bucal, tendo como fatores indispensáveis à distância e a utilização de recursos tecnológicos, denomina-se teleodontologia. A ampliação do acesso dos profissionais da equipe de saúde bucal aos materiais elaborados com conteúdo técnico embasado em evidências científicas por meio de recursos tecnológicos é de fundamental importância.

O Grupo de Pesquisa em Recursos e Inovações Tecnológicas (RITO) da Faculdade de Odontologia da Universidade Luterana do Brasil – ULBRA/Canoas criou, em julho de 2016, um canal de teleodontologia denominado Odonto DROPS o qual objetiva instituir um canal de educação permanente em saúde bucal por meio do Youtube. Semanalmente, são disponibilizados vídeos curtos, gravados na Faculdade de Odontologia da ULBRA, com tópicos relacionados a temas técnicos específicos do núcleo de Odontologia e áreas conexas. Até o presente momento, foram disponibilizados 27 vídeos para 359 inscritos em nosso canal, com abrangência nacional e internacional (maior percentual de acessos registrados no Brasil, Portugal, Vietnã, Bolívia, Venezuela e Estados Unidos).

É importante considerar a necessidade de capacitação dos profissionais para a utilização dos recursos de comunicação digital, uma vez que a dificuldade de manejo dos recursos disponíveis pode limitar o acesso ao canal Odonto DROPS. Além disso, a divulgação do projeto e a qualificação dos recursos visuais também são pontos importantes a serem discutidos.

Os dados obtidos com o Canal Odonto DROPS, até o momento, sugerem que a utilização das mídias sociais configura-se como uma estratégia potente de difusão do conhecimento odontológico. Acredito que a incorporação de estratégias de teleodontologia qualificará a atenção à saúde bucal ao mesmo tempo em que democratizará o acesso à informação técnica de qualidade e racionalizará a utilização dos recursos disponíveis com vistas à melhoria do ensino em odontologia e da qualidade de vida da população. Para conhecer um pouco mais sobre nosso trabalho, clique aqui.

Caren Serra Bavaresco

Cirurgiã-Dentista | Especialista em Saúde Pública (ABO/RS) | Mestre e Doutora em Bioquímica (UFRGS) |

Professora do Programa de Pós-Graduação em Odontologia – ULBRA/Canoas | Lattes 

 

 

Referências 

BRASIL. Portaria Interministerial N. 2546, de 27 de outubro de 2011. Ministério da Saúde. [S.l.]. 2011. Redefine e amplia o Programa Telessaúde Brasil, que passa a ser denominado Programa Nacional Telessaúde Brasil Redes (Telessaúde Brasil Redes).

HADDAD AE, et al. Formative second opinion: qualifying health professionals for the unified health system through the Brazilian Telehealth Program. Telemed J E Health. 2015 Feb;21(2):138-42

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *